VPNI: Uma nova porta se abre

A ATJ, já faz muito, tempo vem trabalhando na defesa da VPNI, tendo participado diretamente nos trabalhos, com a participação de outras associações.

Nesse sentido, diversas viagens em conjunto foram feitas à Brasília, com várias ao STF em conversação com os ministros.

Atualmente, os trabalhos estão ao encargo de um escritório de Brasília, patrocinado por um grupo de servidores, entre os quais, nos incluímos.

Com o advento da reforma da previdência, uma nova interpretação está sendo dada ao caso, em virtude da mudança na lei que dá vasão à uma possível perda de objeto, na tentativa de salvar milhares de servidores que estão à deriva, dependendo de uma decisão favorável.

Na data de hoje (30), o Presidente da ALESC, através de sua Procuradora-Geral, protocolizou pedido, solicitando a extinção da Ação, por perda de objeto.

VEJA O DOCUMENTO AQUI:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.