Esgotamento no trabalho e Síndrome de Burnout – PARTE 1

Síndrome de Burnout ou Síndrome do Esgotamento Profissional é um distúrbio emocional com sintomas de exaustão extrema, estresse e esgotamento físico e mental, resultante de situações de trabalho desgastante, que demandam muita responsabilidade, e entre as profissões mais vulneráveis a desenvolver tais sintomas estão os servidores públicos.
A principal causa da doença é justamente o excesso de trabalho. Esta síndrome é comum em profissionais que atuam diariamente sob pressão e com responsabilidades constantes no que diz respeito a metas que devem ser cumpridas e produção.
Sua principal característica é o estado de tensão emocional e estresse crônicos provocados por condições de trabalho físicas, emocionais e psicológicas desgastantes.
O sintoma típico dessa síndrome é a sensação de esgotamento físico e emocional que se reflete em atitudes negativas, como:
Ausências no trabalho;
Agressividade;
Isolamento;
Mudanças bruscas de humor;
Irritabilidade;
Dificuldade de concentração;
Lapsos de memória (esquecimentos)
Ansiedade;
Depressão;
Pessimismo;
Baixa autoestima.

 

A ATJ possui  parceria na área de psicologia (atendimento on-line) em benefício dos associados e familiares – Informações com a Secretária, Sra. Mariana (49) 9 9814-3781.

A psicóloga, Dra. Lirdia, é renomada no meio jurídico, prestando consultoria e atuando como perita no nosso judiciário, tendo inclusive participado da gestão sindical (2013/2016), palestrando para os servidores e dando assistência psicológica, juntamente com o médico, Dr. Daniel Silveira Gomes, que prestava assistência médica para os aposentados, sendo ambos profundos conhecedores dos problemas de saúde dos nossos servidores – SAIBA MAIS CLICANDO AQUI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.