Terço constitucional de férias

Valor pago a título de Imposto de Renda do terço constitucional de férias posteriores indenizado é analisada pelo Tribunal de Justiça que já encaminhou para cálculo junto DGP.

Com a aprovação final da presidência, os valores devem ser pagos nos próximos meses.

3 comentários em “Terço constitucional de férias”

    1. Laércio Bianchi

      Boa tarde, Julia!

      Essa devolução é para quem vendeu férias e licenças recentemente, pois não incide Imposto de Renda sobre o terço desse benefício.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.