Você tem síndrome do pânico?

Síndrome do Pânico

Por ser a Síndrome do Pânico considerada também como um estado de ansiedade, os ataques de pânico recorrentes caracterizam essencialmente este distúrbio; crises de medo agudo e intenso, extremo desconforto, sintomas autossômicos vegetativos associados e medo de morte iminente.

As crises de Ansiedade na Síndrome do Pânico duram minutos e costumam ser inesperadas, ou seja, não seguem situações especiais podendo surpreender a pessoa em ocasiões variadas.

A característica essencial de um Ataque de Pânico é um período distinto de intenso medo ou desconforto acompanhado por pelo menos 4 de 13 sintomas somáticos ou cognitivos expostos na lista abaixo:

(1)palpitações ou ritmo cardíaco acelerado
(2) sudorese
(3) tremores ou abalos
(4) sensações de falta de ar ou sufocamento
(5) sensações de asfixia
(6) dor ou desconforto torácico
(7) náusea ou desconforto abdominal
(8) sensação de tontura, instabilidade, vertigem ou desmaio
(9) desrealização (sensações de irrealidade) ou despersonalização (estar distanciado de si mesmo)
(10) medo de perder o controle ou enlouquecer
(11) medo de morrer
(12) parestesias (anestesia ou sensações de formigamento)
(13) calafrios ou ondas de calor.

Se você identificou 4 ou mais sintomas. o tratamento com psicoterapia é indicado para esses casos. Busque ajuda.

LIRDIA ROSANE BAISCH MEIRA, MS

PSICÓLOGA CRP 12.07516

Quer saber mais sobre esse tema?

Agente uma consulta on-line com nossa psicóloga.

Todas às terças pela manhã são disponibilizadas duas sessões gratuitas de uma hora.

Agende a sua pelo WhatsApp (49) 9 9814-3781 com Mariana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.