Temas em Análise

Com a resolução dos temas URV e VPNI, agora a administração deverá retomar às demais matérias que estavam pendentes.

Em relação a VPNI, alguns servidores acabaram não se enquadrando dentro da decisão administrativa que abrangeu a maioria e, nesse caso, estuda-se uma solução para esses poucos casos.

Outros temas como a questão dos triênios ainda se encontram pendentes em virtude de que o TCE (Tribunal de Costas do Estado) não se posicionou oficialmente.

Outras propostas como a quebra do limitador e a possibilidade de reestruturação da atual tabela de vencimentos para um formato que se aproxime ao utilizado pelo Ministério Público estão no calendário para os próximos meses.

Até o momento a arrecadação do Estado continua em ascensão, o que possibilita a resolução dos demais temas que são de interesse da administração e dos servidores.

 

 

8 comentários em “Temas em Análise”

    1. Laércio Bianchi

      Em janeiro de 2022, o tribunal embutiu toda a inflação que houve de maio a dezembro de 2021,por isso o percentual foi alto. Desse modo, possíveis diferenças ainda não foram calculadas.

      1. Essa formalização tão difícil de realizar, pois já fazem 6 meses do fim das restrições pós Covid, sairá esse ano ainda!? Obrigado pelo retorno.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.